domingo, 6 de fevereiro de 2011

Segunda Lua


     Olhei para o céu e vi, não uma, mas duas luas. Afastei-me da janela pensando estar com algum problema em minha visão. Mas olhei em volta e percebi minha visão normal. Então que fenômeno inexplicável era aquele que acontecia sobre minha cabeça? Como pode duas luas num céu onde deveria residir uma solitária lua?
     Corri à rua para contemplar aquela beleza, uma lua branca e outra lua vermelha. A maior surpresa me veio após um tempo, quando as outras pessoas de minha rua também começaram a sair de suas casas. Famílias inteiras, casais recém-casados, pessoas que se mudaram recentemente para cá. Todas elas se maravilhando com um evento tão estranho e diferente, tão mágico.
     Logo as pessoas começaram a se reunir em grupos de vizinhos, e esses grupos de vizinhos se uniram em um só grupo. Todos sentados, alguns em cadeiras outros na rua mesmo, conversavam sobre a vida, trocavam experiências. Pessoas que se odiavam agora se abraçavam, homens com coração de pedra agora choravam, mulheres de língua afiada agora se desculpavam por suas mentiras.
     Contemplei essa cena por alguns minutos antes de me reunir ao grupo, e me perguntei: "que poder é esse que faz aparecer duas luas no céu e as pessoas transbordarem de amor, solidariedade e compreensão?".

4 comentários:

Priscilla disse...

êta mente complexa meus deus...rs
ta massa arthur...

allison disse...

esse foi massa....so q achei um erro ortografico (kkkkkkkkk) tocavam experi.. = tRocavam experi..^^
se der vontade tu corrige...huahuahuahua

No one ~ disse...

Meeeldeos, parece coisa de filmeee, rsrs.

Queriia ter visto. deve ter sido maravilhosooo *-*

bjs

http://nowitbeggins.blogspot.com

Victor hugo disse...

mas afinal o q causou isso ?
e sim eu tambem queria ter visto isso
algo q pudesse fazercom q pessoas
mudassem pra melhor
ou deixasse o mundo um lugar melhor pra se viver

Postar um comentário

Um pouco sobre mim

Minha foto
João Pessoa, Paraiba, Brazil
Um cara de ideias simples, um pouco confuso as vezes. Que ama, que ri, que chora, que vive. Que contempla a beleza da vida com olhos de admiração e crítica. Assim sou eu ^^